SaudeOnline.pt / HIPERTENSÃO E RCV- ONLINE - entrevistas
  • médicos de família

A saúde das pessoas mais idosas na MGF

“O médico de família é o especialista que está habilitado a acompanhar o doente idoso na sua saúde, não esquecendo o seu contexto social e familiar”, afirma Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar.

Mário Moura realça importância da ligação entre cuidados primários e hospitalares

Mário Moura, médico de família e ex-presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), é figura de destaque desde as primeiras jornadas, que se realizaram há 37 anos.

Doenças cardiovasculares. “As mulheres desvalorizam as queixas e o seu risco cardiovascular”

A desvalorização dos sintomas por parte das mulheres e também dos profissionais de saúde leva a que estas procurem menos frequentemente ajuda médica, o que conduz a um diagnóstico mais tardio (como no caso do enfarte agudo do miocárdio) e ao subtratamento, alerta, em entrevista, a cardiologista Brenda Moura, do Hospital Militar D.Pedro V.

Estudo LATINO. Quase 40% dos adultos têm risco cardiovascular alto ou muito alto

Estudo abrangeu mais de 78 mil pessoas da ULS de Matosinhos, também seguidas nos Cuidados de Saúde Primários. A relação entre o elevado risco cardiovascular e os níveis de LDL devem levar a uma "reflexão e à adoção de estratégias para corrigir este cenário", alerta, em entrevista, a professora da FMUP e diretora do Serviço de Cardiologia do ULSM.

  • Doença Valvular Cardíaca

Doença Valvular Cardíaca. “A avaliação médica regular é fundamental”

Em entrevista, o diretor do Departamento Cérebro-cardiovascular do Hospital de Évora, Lino Patrício, aborda a importância do diagnóstico precoce da doença da válvula cardíaca e pede aos colega que "não deixem de tratar os mais idosos".

“Aquecimento global e poluição serão responsáveis por um aumento considerável da morbi-mortalidade cardiovascular”

Em entrevista, no rescaldo do Congresso Português de Cardiologia 2022, o presidente do evento destaca a elevada afluência presencial, e aborda a questão do impacto das mudanças climáticas na saúde cardiovascular, um tema, diz, "para o qual a maior parte dos cardiologistas ainda não despertou".

“A clorotalidona em associação com azilsartan é uma boa solução para ir ao encontro dos desafios que a hipertensão coloca hoje”

“O caminho que escolhemos pode fazer a diferença”, realça, em entrevista o cardiologista do Hospital de Santa Cruz, sublinhando o benefício superior dos diuréticos na prevenção da IC e dos inibidores da renina angiotensina na proteção da função renal.

Reinhold Kreutz. O futuro do tratamento e do controlo da hipertensão arterial

Em entrevista, o presidente da Sociedade Europeia de Hipertensão perspetiva o futuro, apontando para os novos fármacos em desenvolvimento e para os dispositivos de monitorização dos níveis de pressão arterial, que, no entanto, ainda devem demorar anos até poderem ser aplicados na prática clínica.

Estudo IAMI. Administração da vacina da gripe a doentes internados diminui o risco de EAM e a mortalidade cardiovascular

Em entrevista, o cardiologista do Hospital de Santa Cruz e do Instituto do Coração, destaca os resultados do estudo IAMI, em doentes internados por enfarte agudo do miocárido (EAM). A medida, diz, permitiria aumentar a adesão à vacinação e prevenir ainda mais internamentos e mortes por gripe. Exequibilidade no SNS ainda não foi avaliada.

“Muitos doentes apresentam condições clínicas nas quais o controlo do perfil lipídico é essencial”

O colesterol assume uma preponderância acrescida no contexto da Endocrinologia, salienta o cardiologista do Hospital da Luz, acrescentando que “o endocrinologista tem um papel essencial no tratamento e controlo da dislipidemia”.

Go to Top