• cancro

Doentes com cancro têm melhores resultados com tratamento menos intensivo

A redução de tratamentos em três tipos de cancro pode beneficiar os doentes sem comprometer resultados, segundo estudos clínicos apresentados na conferência mundial da Sociedade Americana de Oncologia Clínica.

Células CAR-T estão a ser utilizadas “em fases mais precoces do tratamento, aumentando a eficácia”

Manuel Abecassis, presidente da Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL), participou num evento sobre Imunoterapia que decorreu, no último sábado, em Lisboa, centrado na atualização de conhecimentos sobre tratamentos com células CAR-T. De acordo com o especialista, estas células são "uma inovação extraordinária, com um grande potencial mas muito exigente na sua aplicação dada a considerável toxicidade do produto e a necessidade de uma seleção rigorosa dos doentes".

Células CAR-T. “Uma terapia revolucionária em tumores hematológicos”

Maria Gomes da Silva é hematologista no IPO Lisboa e destaca a mudança de paradigma em consequência da terapia com células CAR-T nalguns tumores hematológicos. A médica foi uma das oradoras de um evento sobre Imunoterapia, que decorreu, no sábado, em Lisboa. A organização esteve a cargo da Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) e conta com a parceria BataZu Family.

  • Márcio Tavares

Mieloma múltiplo. “Apesar de incurável, está a evoluir para uma doença crónica”

Durante o mês de março assinala-se a luta contra o mieloma múltiplo. Em entrevista, Márcio Tavares, Hematologista na Unidade Local de Saúde (ULS) Gaia e Espinho, fala sobre este tipo de cancro hematológico, que diz respeito ao "segundo mais comum, apenas precedido pelo linfoma".

Mieloma múltiplo: a esperança no avanço científico e no desenvolvimento de terapêuticas inovadoras

O podcast Vidas lançou um novo episódio esta semana dedicado ao mieloma múltiplo. O 7º episódio aborda a importância da literacia em saúde e da sensibilização para a doença, junto da sociedade, mas também dos profissionais de saúde dos cuidados primários. O contributo das Associações de Doentes durante todo o processo é também um tema em destaque.

Maioria dos portugueses com mieloma múltiplo nunca ouviu falar da doença

A maioria (87,1%) dos portugueses confrontados com o diagnóstico de mieloma múltiplo (MM) nunca tinha ouvido falar desta doença, apresentando apreensão e tristeza no momento do diagnóstico, com 36,6% a afirmar a necessidade de apoio psicológico para ajudar na gestão da sua doença.

Investigadores querem melhorar sobrevivência de doentes com leucemia mieloide aguda

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S) vão procurar novos tratamentos para melhorar a sobrevivência dos doentes com leucemia mieloide aguda, focando o estudo no papel do microambiente da medula óssea na progressão da doença.

“Desejamos assegurar um diagnóstico de excelência e um tratamento adequado para os doentes com linfoma”

A reunião científica “Lugano Review”, organizada pelo Grupo Português de Linfomas (GPL) da Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), vai ter lugar no dia 24 de fevereiro, em Lisboa. Em entrevista, Maria Gomes da Silva, presidente da SPH, fala das razões que incentivaram o GPL a organizar esta reunião, bem como dos principais desafios atuais dos hematologistas que tratam esta patologia.

Go to Top