SaudeOnline.pt / Gastronline

Cancro colorretal. Inteligência Artificial ajuda a reduzir “missed lesions”

Hospital de Loures tem taxas de deteção de lesões pré-malignas na ordem dos 35 a 40%, devido "à otimização da técnica endoscópica e da sedação e ao desenvolvimento tecnológico da imagem", o que representa um avanço na luta contra o cancro colorretal, adianta, ao SaúdeOnline, o gastrenterologista do Hospital Beatriz Ângelo.

Go to Top