SaudeOnline.pt / Notícia Fechada

Cancro. “As metástases ósseas têm um impacto elevado, mas a ablação por radiofrequência alivia a dor em 90 a 100%”

Vânia Oliveira, ortopedista, integra a equipa do Grupo de Neoplasias Musculoesqueléticas do Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUP). Em entrevista, a especialista alerta para o impacto das metástases ósseas e de como se pode melhorar a qualidade de vida dos doentes com a ablação por radiofrequência. Recorde-se que o CHUP é centro de referência nacional e europeu em sarcomas ósseos e de tecidos moles.

“É crucial colocar os doentes no centro de toda a abordagem imunoalergológica”

De 6 a 9 de outubro, realiza-se a 43ª Reunião Anual da SPAIC sob o mote “O doente alérgico no centro dos cuidados”. Ao SaúdeOnline, o presidente do evento destaca a importância do envolvimento dos doentes nos cuidados no sentido de se alcançar uma “melhoria dos outcomes clínicos”.

Cancro urotelial. “O enfortumab vedotina reduz o risco de morte em 30% vs. quimioterapia”

O cancro urotelial tem, atualmente, uma taxa de sobrevida a 5 anos de apenas 5%. Face a esta realidade, a Astellas Farma tem uma nova terapêutica que faz a diferença. No âmbito da Semana da Urologia, que se assinalou entre 26 e 30 de setembro, Filipe Novais, Diretor Geral da Astellas Farma Portugal, fala do novo medicamento.

Go to Top