SaudeOnline.pt / Saúde Geral

Vacinação em idosos: “O risco de terem uma doença grave que leve a internamento é excecional”

Em entrevista ao SaúdeNotícias, o presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, Prof. Manuel Carrageta, defendeu para a necessidade de vacinação das pessoas acima dos 60 anos. "Vacinas para a difteria e o tétano devem ser administradas de 10 em 10 anos, mas se formos a analisar são muitos poucos os idosos que apresentam estas vacinas atualizadas", alerta o especialista.

Go to Top