Trump agradece à Novartis e à Pfizer pela decisão de não aumentarem preços dos medicamentos

A decisão surge após críticas duras de Trump, acompanhadas de ameaça, dirigidas à Pfizer, após a multinacional ter anunciado um aumento de 40% do preço dos seus medicamentos de prescrição médica obrigatória no mercado americano

Ler