SaudeOnline.pt / Hematonline / hemato-entrevistas

Cancro. Centros portugueses aplicam medicina de precisão mas têm falta de recursos

Portugal “acompanha a evolução da medicina moderna” na área do cancro mas subsistem dificuldades como a carência de recursos humanos e o acesso a tecnologias de ponta, admite o diretor clínico da Fundação Champalimaud, instituição que se encontra na ‘onda da frente’ dos tratamentos inovadores nesta área.

“Cerca de 20% dos doentes com LDGCB não respondem ao tratamento inicial”

Ao SaúdeOnline, à margem da sua intervenção na Reunião Anual da SPH, o Prof. Armando López-Guillermo, do Instituto Clínico de Doenças Hematológicas (do Hospital Clínic de Barcelona), sintetizou o atual estado da arte no que respeita ao tratamento do LDGCB.

Go to Top