SaudeOnline.pt / Gastronline / gastro-entrevistas

Cancro do estômago. Portugal tem a maior incidência da Europa Ocidental e a explicação está na alimentação

O elevado consumo de sal, alimentos fumados e álcool, hábitos que persistem em Portugal, aumentam o risco de cancro do estômago, alerta a Drª. Carla Freitas, coordenadora da Unidade de Patologia Esofagogástrica do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa (CHTS). Em entrevista, a especialista sublinha a importância do diagnóstico precoce da doença e realça as mais-valias da cirurgia laparoscópica.

Entrevista. Da antibioterapia ao diagnóstico, os “múltiplos desafios” da cirrose hepática

A gastrenterologista do Hospital Fernando da Fonseca, Joana Carvalho e Branco, sublinha, em entrevista, que "o diagnóstico precoce é crucial para um bom controlo da cirrose hepática". O combate ao estigma, o acesso ao rastreio e referenciação são alguns dos desafios apontados pela especialista no âmbito desta doença.

“Os meus pais sempre me ensinaram que, mesmo com limitações, é possível ser feliz”

Agosto é o Mês da Consciencialização e Sensibilização para a Atrofia Muscular Espinhal. Ana Isabel Gonçalves, vice-presidente da APN- Associação Portuguesa de Neuromusculares, convive com a patologia desde há 37 anos e, em entrevista, fala-nos dos desafios diários.

  • guilherme macedo - fígado, hepatites

Entrevista. “Rastreio universal [à Hepatite C] já devia estar no terreno”

O diretor do Serviço de Gastrenterologia do Hospital de São João realça a necessidade de rastrear a população para o vírus da Hepatite C e de ir ao encontro das populações vulneráveis, que não procuram os cuidados de saúde.

Entrega da medicação para a Hepatite C chega a demorar meses. “É injusto e uma barreira à eliminação”

Para Guilherme Macedo, parte da explicação para os atrasos está na plataforma utilizada pelos clínicos, “totalmente desajustada do que é necessário para tratar os doentes”.

  • hepatite

Entrevista. “É cada vez mais difícil encontrar doentes com Hepatite C”

O diretor do Programa Nacional para as Hepatites Virais reconhece, em entrevista, que é necessário procurar os casos ainda não diagnosticados “mais ativamente”. Rui Tato Marinho diz, no entanto que, para isso, é preciso também “mais dinheiro, nomeadamente para a execução de testes”.

Cancro do esófago. Tratamento com QT e pembrolizumab é “o primeiro, em 40 anos, a demonstrar ganho significativo na SG”

Nos doentes com carcinoma epidermoide do esófago, o ensaio ensaio clínico KEYNOTE-590 demonstrou um "ganho significativo na sobrevivência global", sublinha, em entrevista, a oncologista Dânia Marques, do IPO do Porto.

Go to Top