SaudeOnline.pt / Reumaonline / reuma-entrevistas
  • Artrite Reumatoide

Artrite Reumatoide. “É importante assegurar a adesão dos doentes à terapêutica”

Em entrevista, o reumatologista da Unidade Local de Saúde do Alto Minho diz que "importa abordar e controlar os sintomas numa perspetiva de curto prazo mas também no longo prazo, com os fármacos imunomoduladores".

  • artrite reumatoide - antónio marinho

Artrite Reumatoide. “A abordagem multidisciplinar é fundamental para conseguir o melhor resultado”

Ao SaúdeNotícias, o coordenador nacional do Núcleo de Estudos de Doenças Autoimunes (NEDAI), António Marinho, caracterizou a artrite reumatoide e reforçou a importância de o utente ter acesso a cuidados multidisciplinares para tratar a doença.

  • osteoporose

Os dados e a realidade portuguesa

No quarto e último episódio da série Osteoporose à Lupa, a reumatologista do Instituto Português de Reumatologia (IPR) e Secretária-Geral da SPODOM, Eugénia Simões, apresenta alguns dados do estudo EpiReumaPt – maior estudo nacional realizado até ao momento, sobre a incidência das doenças reumáticas –, bem como os desafios que a comunidade médica enfrenta atualmente.

  • osteoporose

Que desafios na prática clínica?

No terceiro episódio da série Osteoporose à Lupa, o responsável do Hospital de Dia de Medicina/Autoimunes do Hospital Geral do CHUC, Jorge Fortuna, identifica quais os modelos terapêuticos para a osteoporose, exemplificando com casos práticos e aponta os mais significantes desafios que a doença osteoporótica ainda acarreta ao nível dos cuidados médicos.

  • osteoporose, biossimilares, saúde

Os principais indicadores da existência de osteoporose

No âmbito do Dia Mundial da Osteoporose, assinalado anualmente a 20 de outubro, o SaúdeOnline preparou a série Osteoporose à Lupa, com o apoio do grupo Azevedos. Ao longo de quatro entrevistas, médicos especialistas de Reumatologia e de Medicina Interna abordam esta doença óssea, que afeta 860 mil portugueses adultos.

Reumatologia. “Inibidores da JAK podem vir a ser utilizados mais cedo na estratégia terapêutica”

Em entrevista, o reumatologista do Serviço de Reumatologia do CHULN e Professor Catedrático na FMUL destaca as mais valias destes fármacos, sublinhando, ainda assim, que a “comunidade médica ainda não conseguiu tirar um completo partido” dos inibidores da JAK.

Go to Top