Hoje, mais do que nunca, a palavra de ordem é: vacinar, vacinar, vacinar!

Médico de família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar