SaudeOnline.pt / José Silva Cardoso

“Na IC, a única terapêutica eficaz na deficiência de ferro é a carboximaltose férrica endovenosa”

Existem 400 mil doentes com insuficiência cardíaca (IC) em Portugal. Esta patologia crónica, que pode ser muito incapacitante é a primeira causa dos internamentos acima dos 65 anos, pode agravar-se ainda mais se houver deficiência de ferro. O alerta é de José Silva Cardoso, cardiologista e docente da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

“A tendência é que a IC venha a aumentar a sua expressão”

O envelhecimento da população e a pandemia da “diabesidade” são fatores que contribuem para aumento da prevalência da insuficiência cardíaca, diz o coordenador do Grupo de Estudo de Insuficiência Cardíaca da Sociedade Portuguesa de Cardiologia.

Go to Top