Nova vaga em Portugal como a de janeiro de 2021 é “pouco provável”

Ainda assim, "é normal que Portugal possa ter, durante os meses de inverno, um aumento de casos e uma nova vaga", diz o médico de saúde pública Gustavo Tato Borges.