Cancro do Pulmão. “Doentes chegam-nos com a doença mais avançada”

O acesso dos doentes aos Cuidados de Saúde Primários (CSP) ficou comprometido durante alguns meses na pandemia. Por isso, o número de doentes que chegam ao IPO do Porto com cancros do pulmão em fase avançada aumentou. “Muitas vezes nem sequer temos capacidade de tratar o cancro”, sublinha a diretora clínica e oncologista Marta Soares.