SaudeOnline.pt / Fernando Maltez

Novo paradigma no tratamento do VIH. “Melhoria da qualidade de vida parece ser real”

Os novos regimes terapêuticos trouxeram um ganho significativo para a qualidade de vida dos doentes, diminuindo a toxicidade e interagindo menos com a restante medicação para as diferentes comorbilidades, refere o infecciologista do Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Central.

25% dos doentes com VIH já têm mais de 50 anos. Que desafios traz o envelhecimento à gestão da doença?

Estima-se que, em 2040, 80% dos doentes tenham mais de 80 anos. Trata-se de uma mudança que já está a levantar preocupações no que diz respeito à gestão da infeção por VIH e das comorbilidades associadas à idade avançada, diz o diretor do Serviço de Infeciologia do Hospital Curry Cabral.

Go to Top