Portadores de doença rara devem ser considerados grupo prioritário para vacinação

Internista do Hospital de Santa Maria e Coordenador do Núcleo de Estudos de Doenças Raras da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna