Entrevista. Silenciamento genético é o avanço mais recente no tratamento da PHA

Embora raras, as quatro formas Porfírias Hepáticas Agudas podem evoluir para um quadro grave, obrigando ao transplante hepático, explica o médico internista Luís Brito Avô, coordenador do Núcleo de Estudos de Doenças Raras da Sociedade Portuguesa da Medicina Interna.