24 Abr, 2020

USF-AN: Guia para centros de saúde retomarem a normalidade

A USF AN elaborou um guia com recomendações, "de modo a facilitar o desejável regresso à atividade normal das USF", ainda que esse regresso se queira "progressivo, ponderado, consciente e seguro".

COMUNICADO

Recordamos que as devidas recomendações deverão ser adaptadas às realidades e até necessidades locais e regionais.

“A segurança dos profissionais é fundamental, pelo que relembramos que um dos grandes problemas do vírus SARS-COV2 são as pessoas infetadas assintomáticas, que estão espalhados pela população, sem a noção de que são portadoras do vírus e contagiosas, incluindo os próprios profissionais. Por este motivo, a USF-AN recomenda que todos os profissionais mantenham o uso adequado do Equipamento de Proteção Individual (EPI) em toda a atividade assistencial presencial e que as respetivas Administrações não falhem no fornecimento do mesmo.

As recomendações que partilhamos estão organizadas pelas seguintes áreas:

  • Otimizar circuitos dos utentes
  • Horários
  • Reuniões/sessões
  • Sugestões para o regresso progressivo da atividade programada  além dos serviços mínimos

Ao mesmo tempo, tendo em conta que esta pandemia obrigou a novas soluções, dinâmicas, organização e ofertas de serviços de saúde, alguns totalmente diferentes dos que tínhamos até ao início de março, a USF-AN considera que o Ministério da Saúde e os seus serviços têm um importante papel no ajustamento dos mesmos.

Por esse motivo vamos reivindicar junto do Ministério da Saúde e suas estruturas algumas ações inerentes a esta adaptação.

Mais detalhes em: https://www.usf-an.pt/usf-an/guia-com-recomendacoes-para-retoma-da-atividade-assistencial-presencial

ler mais

RECENTES

ler mais