SaudeOnline.pt / Marco Costa

“O número de TAVI tem de aumentar duas a três vezes, para conseguirmos dar uma resposta adequada”

No entanto, as listas de espera para intervenção valvular aórtica são grandes, "atingindo em alguns centros um período de quase um ano", alerta, em entrevista, o cardiologista de intervenção Marco Costa no Hospital da Luz Coimbra.

Go to Top