13 Mar, 2021

ProtechDRY, a roupa interior para incontinência urinária fabricada em Portugal

Trata-se de uma peça de uso diário para homens e mulheres que sofrem de perdas de urina e que já foi testada e aprovada por urologistas.

Estudos realizados na população portuguesa apontam para a existência de 600 mil pessoas com incontinência urinária (IU) nos diferentes segmentos etários e estima-se que acima dos 40 anos, 20% dos portugueses sofram deste problema.

Com coordenação científica da Universidade do Minho, a Impetus Portugal desenvolveu a ProtechDRY, uma peça de roupa interior de uso normal diário, para homens e mulheres que sofrem de perdas de urina. O produto é em tudo semelhante à roupa interior comum (cuja composição é, tal como muitos produtos íntimos, de 95% algodão e 5% elastano), exceto na zona de contacto com a área genital, em que é constituída por uma malha multifuncional inovadora, com três camadas: a primeira camada, em contacto direto com a pele, absorve temporariamente a urina e leva-a para um segundo nível, mantendo a sensação de secura; a segunda camada é constituída por uma série de capilares que transportam rapidamente o líquido até um terceiro estrato, onde a urina é armazenada; por baixo desta camada, que incorpora também uma tecnologia de neutralização dos odores, existe um revestimento de polietileno que impermeabiliza toda a estrutura.

 

 

A par dos testes em laboratório (que comprovam uma eficácia de 100% na absorção de 40 ml (homem) e 30 ml (mulher) de líquido/urina), as peças ProtechDRY foram testadas em colaboração com o médico urologista do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, António Morais, em 30 pacientes diagnosticados com IU ligeira a moderada, utilizadores regulares de pensos (durante um mês).

Cada paciente recebeu dois exemplares do ProtechDRY para teste e respondeu a um questionário de avaliação do desempenho do produto, na sua utilização quotidiana e regular. Após o período de observação, o resultado revelou uma satisfação de 100% no que diz respeito aos aspetos tangíveis do produto, nomeadamente, absorção e conforto. De salientar, igualmente, os benefícios intangíveis referidos pelos utilizadores no campo aberto do referido questionário: bem-estar; confiança; autoestima; felicidade; dignidade. O regresso a uma vida social ativa foi também um dos pontos referidos no inquérito, cujas respostas permitem concluir que as peças ProtechDRY proporcionam ao utilizador incontinente grande conforto e segurança e permitem-lhe recuperar a sua autoestima e o gosto pela vida social”.

Estes resultados já valeram à tecnologia ProtechDRY – uma tecnologia concebida e fabricada em Portugal, mas com projeção internacional – elogios por parte da classe médica e destaque em eventos médicos e científicos, nomeadamente no Congresso Nacional de Urologia.

Além dos benefícios já referidos, importa destacar que a tecnologia multifuncional patenteada, presente nas peças ProtechDRY, permite que esta roupa interior seja ultra-absorvente, inodora (neutraliza os odores desagradáveis associados a perdas de urina), lavável e reutilizável (mais amiga do ambiente e da “carteira”, uma vez que, por comparação a produtos como fraldas ou cuecas descartáveis utilizadas na IU, é mais sustentável e geradora de poupança), impermeável (porque tem costuras seladas), seca no contacto com a pele e antialérgica.

ler mais

RECENTES

ler mais