28 Abr, 2017

Mito da gordura saturada na obstrução de artérias foi desmestificado

Artigo foi publicado no British Journal of Sports Medicine e mostra que a noção de que a obstrução das artérias é causada pela gordura saturada é um mito

O artigo é o resultado de uma colaboração entre uma equipa de cardiologistas, de várias entidades como a Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o Hospital Universitário de Genebra, na Suíça, e da Universidade de Londres, no Reino Unido, entre outras.

Foi citado pela equipa, várias revisões que não mostraram nenhuma associação entre a ingestão de gordura saturada e um maior risco desenvolvimento de doença cardíaca, a fim de apoiar o argumento contra a existência de obstrução das artérias pelas gorduras saturadas.

Para os investigadores mediante estas conclusões, a população em vez de se concentrar na redução de gorduras no sangue e cortar nas gorduras saturadas, deve dar mais importância à comida “real”, à participação em atividades físicas e à minimização do stress.

De acordo com a investigação, a noção de melhorar a condição ao desobstruir as artérias foi invalidada por uma série de ensaios clínicos, que mostraram que, quando eram inseridos stents para alargar artérias estreitas, o risco de ataque cardíaco ou morte não diminuiu.

Assim, os investigadores reiteram a necessidade do exercício físico e da alimentação para a prevenção da doença arterial coronária. No entanto, eles concluem que não existe nenhum modelo de negócio, ou de mercado, que ajude a espalhar esta mensagem “simples, mas poderosa”.

MNT/SO/CS

ler mais

RECENTES

ler mais