20 Abr, 2017

38º Congresso Português de Cardiologia sob o lema “Olhar o coração”

“Olhar o Coração: Conhecimento, Inovação e Arte” são os temas deste ano do encontro entre vários profissionais da área da cardiologia, que começa amanhã, no Palácio de Congressos do Algarve

O Congresso Português de Cardiologia (CPC) 2017 será realizado em Albufeira, na Herdade dos Salgados, entre os dias 22 e 25 de abril. Segundo o Presidente do Congresso, Mário Oliveira, o evento “irá continuar a representar o momento de referência para atualização do conhecimento, proporcionando um amplo fórum de discussão dos problemas cardiovasculares que preocupam todos os profissionais com envolvimento nesta importante área da medicina”.

Com uma abordagem multidisciplinar baseada num programa científico “de excelência”, esperam alcançar um maior número de participantes para fazer deste congresso um dos maiores eventos científicos do país.

“Abrindo caminho a novos projetos na comunidade de cardiologistas e outros especialistas, que, na prática clínica e na investigação procuram reforçar o conhecimento, introduzindo mais inovação na prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas do foro cardiovascular”, salienta o presidente na mensagem sobre o congresso.

O Congresso basea-se em três temáticas diferentes: o conhecimento, a inovação e a arte.

“Conhecimento, porque a Cardiologia não se faz sem conhecimento sólido, inovação, porque a Cardiologia é claramente uma área de inovação e, é necessário saber o que se perspetiva no futuro da Cardiologia e arte, porque precisamos de arte na nossa vida, para fazer melhor o nosso trabalho”, explicou Mário Oliveira no site do CPC2017.

O programa tem uma componente artística com a aposta em momentos ligados à cultura musical e outras formas de expressão, todos os dias irão decorrer apontamentos musicais didáticos, conduzidos por alunos da Escola Superior de Música e professores da Escola Superior de Jazz.
Será atribuído um Prémio de Pintura no CPC2017, sendo as escolas de belas artes de Lisboa e Porto convidadas a submeter obras nesse âmbito.

A ciência do futuro também fará parte do programa através do convite de startups que marcarão presença com projetos inovadores ligados à área da Medicina.

No que toca ao programa científico irão abordar as novas recomendações europeias, com sessões flash que incidirão sobre este tema. Em conjunto com os Grupos de Estudo e Associações da Sociedade Portuguesa de Cardiologia apresentarão todas as novidades inerentes a cada área. Todas as áreas da Cardiologia serão abordadas: desde a experiência dos enfermeiros, dos nutricionistas, dos cardiopneumologistas, pediatras, entre outros.

“Contaremos com a presença do Prof. Carlo Pappone, figura de renome da fibrilhação auricular, o Dr. Josep Brugada que dispensa apresentações, o Dr. Duke Cameron, cirurgião cardíaco com enorme experiência na patologia da aorta, do hospital Johns Hopkins, e a Dra. Doris Taylor do Texas Heart Institute, entre outros”, salientou o responsável.

O CPC conta, normalmente, com cerca de 2000 participantes e nesta edição não pretendem ficar longe disso.

[button link=”http://cpc2017.appdoevento.pt/#/grid_view” type=”big” color=”red” newwindow=”yes”] Programa[/button]                    [button link=”https://www.cpc2017.com/inscricoes” type=”big” color=”red” newwindow=”yes”] Inscrições[/button]

SPC/SO/CS

ler mais

RECENTES

ler mais