7 Set, 2021

ZEROVIH.PT: a plataforma que alerta os mais jovens para o VIH

A iniciativa, que oferece informação associada à infeção pelo VIH, conta com o contributo da ilustradora Clara Não.

Lançada no Dia Mundial da Saúde Sexual, assinalado a 4 de setembro, a plataforma ZEROVIH.PT, desenvolvida com o apoio da ilustradora Clara Não, procura alertar os mais jovens para os comportamentos de risco que podem levar à propagação do vírus da imunodeficiência humana (VIH).

“Assente no compromisso de fazer parte de um movimento de sensibilização e de erradicação de uma doença possível de ser controlada através da alteração de comportamentos”, a iniciativa ambiciona alcançar uma “geração ZERO VIH”, a qual pode ser atingida através da verificação de “ZERO comportamentos de risco e, no caso de infeção já existente, de uma carga viral indetetável, através da toma regular da medicação”, revela a empresa farmacêutica promotora, MSD Portugal, em comunicado.

Sendo a transmissão de informação essencial para alertar os mais novos para esta condição, a plataforma oferece respostas a variadas questões associadas à infeção, “desde informação sobre os comportamentos de risco, até ao percurso que deve ser feito em caso de diagnóstico positivo”, as quais estão disponibilizadas “de forma simples, sucinta e sem tabus, através das ilustrações da Clara Não”.

ZEROVIH.PT está inserida no VIHDA.pt, um portal de literacia sobre VIH/SIDA, o qual foi desenvolvido pela MSD Portugal e que conta com o patrocínio científico da Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA e da Sociedade Portuguesa de Doenças Infeciosas e Microbioliogia Clínica e com o apoio de várias instituições e associações com papéis de destaque na consciencialização sobre a infeção pelo VIH.

 

ler mais

RECENTES

ler mais