3 Jul, 2020

Vacina de Oxford é promissora mas é pouco provável que esteja pronta no inverno

Fontes da Universidade admitem que vacina pode não estar disponível no próximo inverno. Especialistas alertam para impacto, no final do ano, da temporada da gripe conjugada com a pandemia.

Os testes realizados com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford estão a apresentar resultados “promissores”, estando a observar-se uma “resposta imune correta”, segundo adianta Sarah Gilbert, investigadora que lidera a equipa de Oxford. A investigadora diz ainda que a vacina “pode vir a ser eficaz durante “vários anos”.

Sarah Gilbert ressalva que ainda não é possível adiantar uma data específica para a conclusão dos estudos e consequente fim do processo de desenvolvimento da vacina.

Fontes da Universidade de Oxford citadas pela imprensa local sublinham que é pouco provável que o medicamento esteja disponível antes do inverno, quando outro pico da epidemia poderá ocorrer. Vários especialistas alertam que a conjugação da temporada da gripe com a pandemia de Covid-19 no próximo inverno poder levar os serviços de saúde à rutura e fazer disparar a mortalidade.

John Bell, professor de medicina da Universidade de Oxford, avisa que o melhor é esperar o pior. “Toda a epidemia foi demasiado baseada em suposições que se revelaram falsas. Portanto, o meu melhor conselho é estar preparado para o pior “, alerta. “Acho que uma das coisas que preocupa os médicos nos hospitais é que a temporada de gripe seja bastante significativa”, diz. “Se isso acontecer teremos um grande problema”, avisa.

A vacina Oxford entrou na fase III dos ensaios clínicos, a última etapa antes da comercialização, está a ser testada em 8 mil pessoas no Reino Unido. Em breve 4 mil brasileiros vão também receber a vacina, bem como duas mil na África do Sul. Esta vacina, desenvolvida em parceria com a empresa farmacêutica AstraZeneca, é considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma das mais fortes candidatas ao sucesso de entre as 149 que estão a ser desenvolvidas um pouco por todo o mundo.

TC/SO

 

[box] Notícias Relacionadas:

Vacina de Oxford já está a ser testada no Brasil

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford contra a covid-19 começou a ser testada no estado de São Paulo, no passado fim de semana

Vacina de Oxford já está a ser produzida e pode estar disponível em dezembro

Uma vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford contra a covid-19 já está a ser produzida pelo britânico Instituto Jenner para ser distribuída em dezembro.

[/box]
ler mais

RECENTES

ler mais