2 Abr, 2018

Startup influencia tomada de decisão dos portugueses em prol da saúde

A Nudge Portugal, uma startup incubada na Healthcare City, está a implementar diversas medidas em empresas nacionais que permitem alcançar diversos benefícios na saúde dos portugueses. Entre os benefícios estão a diminuição da prescrição de antibióticos, o aumento da realização de check-ups anuais, o aumento do consumo de vegetais e a redução da mortalidade dos doentes em procedimentos de ventilação pulmonar.

Esta startup portuguesa verificou também que, através da inversão da ordem de listagem dos medicamentos genéricos do fim para o início, era possível aumentar a taxa de prescrição destes medicamentos em  23,4%. No que refere aos check-ups anuais, foi possível perceber que ao utilizar um incentivo financeiro, nomeadamente uma lotaria, se conseguia aumentar  de 40% para 64% a realização dos mesmos. Outra das conclusões está relacionada com o aumento, em 20%, do consumo de brócolos num refeitório através da implementação de uma regra que coloca os vegetais no início e no fim do linear.

O envio de uma notificação aos profissionais que integram a lista dos 10% dos médicos que mais prescreveram antibióticos nos últimos 6 meses, permitiu ainda uma redução de 74 mil atos de prescrição. A Nudge Portugal conseguiu ainda prever uma redução de 25% de óbitos de doentes em procedimentos de ventilação pulmonar através da alteração do default do ventilador para volumes de ar inferiores.

Ao dar um testemunho acerca da sua experiência na Healthcare City, Diogo Gonçalves destaca “a qualidade do programa, a experiência e know-how dos mentores, a qualidade e usabilidade das instalações e a diversidade e o interesse das atividades paralelas.”

Nuno Carvalho, CEO da Healthcare City, revela que “projetos como o da Nudge são exemplo do que a Healthcare City pode fazer em concreto pelos empreendedores que normalmente aparecem com uma vaga ideia do que querem fazer e que saem do programa com um negócio que contribui para a economia e inovação na saúde”.

A Healthcare City resulta de uma parceria entre a Nova Medical School, a Janssen, companhia farmacêutica do Grupo Johnson & Johnson, o Grupo Lusíadas Saúde (AMIL e UnitedHealth) e a Médis (Grupo Ocidental), com o objectivo comum de estimular empreendedores, sejam eles startups ou empresas, a desenvolver as suas ideias e dinamizar a oferta de soluções inovadoras para o setor da saúde e bem-estar.

COMUNICADO/SO

ler mais

RECENTES

ler mais