31 Mai, 2021

SPP revela hábitos tabágicos dos portugueses durante o confinamento

O inquérito, também promovido no ano passado, procurou avaliar o impacto da pandemia no consumo de tabaco a nível nacional.

No âmbito do Dia Mundial sem Tabaco, que se assinala hoje (31 de maio), a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) vai dar a conhecer, através de um webinar, os resultados do inquérito promovido que procurou aferir os hábitos tabágicos dos portugueses durante o segundo período de confinamento.

Promovido entre maio e julho de 2020, o primeiro inquérito realizado pela SPP tinha como objetivo conhecer de que modo a pandemia e o consequente confinamento tinha alterado o consumo de produtos de tabaco dos portugueses.

O mesmo questionário, que também atenta às consequências deste período na saúde mental, foi novamente divulgado, entre os meses de abril e maio de 2021, para recolher dados relativos ao segundo período de isolamento social.

“Apesar da amostra não ser representativa da população, os grupos são homogéneos entre si e, no último inquérito, houve mais fumadores a referir aumento do consumo”, antecipou a coordenadora da Comissão de Trabalho de Tabagismo da SPP, Paula Rosa.

Esta também acrescentou que os dados que serão apresentados são um reflexo do “impacto de um confinamento tão prolongado sobre a saúde mental e também a diminuição do número de consultas de apoio ao fumador que se verificou durante este período”.

Para a apresentação dos resultados, que prospetiva uma comparação com os do ano anterior, a SPP promove um webinar com o tema “Tabagismo e Saúde Mental – retrato de uma pandemia” que terá como moderadores o presidente da sociedade, António Morais e Paula Rosa.

A sessão, que também conta com a participação do pneumologista José Pedro Boléo-Tomé e o psiquiatra Gustavo Jesus, será transmitida no Facebook da SPP ou através da plataforma https://pneumologia-elearnings.pt/, pelas 21h do dia de hoje, 31 de maio.

ler mais

RECENTES

ler mais