12 Mar, 2020

Sindicato apela à “não adesão” dos trabalhadores de Braga à greve de hoje

O Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte cancelou também a concentração em frente ao Ministério da Saúde.

Em comunicado enviado à Lusa, o STFPSN explica que o apelo tem em consideração “os recentes desenvolvimentos em torno da epidemia por infeção do COVID-19”.

A manifestação marcada também para quinta-feira frente ao ministério da Saúde foi cancelada, avisa o sindicato.

“Assim, tendo em conta os apelos das autoridades nacionais de saúde e o interesse público superveniente, os profissionais de saúde do Hospital de Braga responderão afirmativamente a este apelo, com o seu elevado sentido de responsabilidade”, aponta o texto.

O sindicato realça que os conflitos, que se prendem com aquilo que o sindicato considera uma “demora na Adesão ao Contrato Coletivo de Trabalho” por parte de todos s trabalhadores do Hospital de Braga, que até 01 de setembro de 2019 funcionou em Parceria Público Privada.

O STFPSN acusa no entanto de “autismo os responsáveis governamentais”, uma vez que segundo explicou à Lusa o sindicalista Orlando Gonçalves “falta apenas a marcação de uma data para a marcar a adesão”.

Na segunda-feira os trabalhadores do Hospital de Braga cumpririam um dia de greve contra a “discriminação salarial” e “o atraso” na adesão aqueles contratos.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais