24 Jan, 2023

Nos EUA, cerca de 25% dos doentes usam canábis para aliviar a dor crónica

No entanto, os investigadores da Michigan Medicine alertam para "a necessidade de mais estudos sobre os benefícios e riscos do uso de canábis para a dor crónica”.

Com o crescimento consecutivo do número de estados norte-americanos que legalizam a canábis para uso médico e recreativo, um número crescente de pessoas está a usar a canábis para aliviar a dor. De acordo com um novo estudo publicado no JAMA Network Open, quase um terço dos pacientes com dor crónica confirmam o uso nessas circunstâncias.

Mais da metade dos 1724 adultos inquiridos no estudo relataram que o uso de canábis os levou a diminuir o uso de analgésicos, incluindo opioides prescritos e analgésicos de venda livre. Em geral, estas pessoas também diminuíram a prática de fisioterapia (em 39%) ou terapia cognitivo-comportamental.

No entanto, os investigadores da Michigan Medicine alertam para “a necessidade de mais estudos sobre os benefícios e riscos do uso de canábis para a dor crónica”, disse Mark Bicket, professor assistente do Departamento de Anestesiologia e codiretor do Michigan Opioid Prescribing Engagement Network.

SO

Notícia Relacionada

Canábis. Uso medicinal aumenta risco de problemas cardíacos, de acordo com estudo

Print Friendly, PDF & Email
ler mais

RECENTES

Print Friendly, PDF & Email
ler mais