5 Set, 2018

Município de Santa Cruz ajuda 218 famílias na compra de medicamentos

A Câmara Municipal de Santa Cruz, na Madeira, anunciou hoje a integração no Programa Abem, que permite a famílias carenciadas o acesso a medicamentos gratuitos, abrangendo 218 agregados familiares do concelho e apoios num total de 50 mil euros.

O presidente do município, eleito pelo Juntos Pelo Povo, Filipe Sousa, realçou que a adesão ao programa “vem de encontro às políticas sociais que têm sido feitas nos últimos anos” no concelho. “O programa chega a 218 famílias do concelho de Santa Cruz, num total de 327 pessoas abrangidas”, afirmou, ressalvando que “são agregados familiares com comprovadas dificuldades”.

No apoio às famílias carenciadas, sublinhou, a autarquia disponibiliza este ano dois milhões de euros, 50 mil dos quais estão alocados a este programa específico. “Tenho margem de manobra para subir esta fasquia um pouco mais e depois isto depende também do número de elementos por agregado familiar”, afirmou.

O cartão de aderente do Abem é gratuito, bastando, nas compras, possuir uma receita médica e esta ser comparticipada pelo Serviço Nacional de Saúde. Assim, o utente não paga nada pelos medicamentos.

O município de Santa Cruz decidiu estabelecer um protocolo com a Associação Dignitude (AD), uma instituição de solidariedade social, sem fins lucrativos, que é responsável pelo desenvolvimento, operacionalização e gestão do “Programa Abem: Rede Solidária do Medicamento”.

A AD foi criada em novembro de 2015 pela Associação Nacional de Farmácias, Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica, Cáritas e Plataforma Saúde em Diálogo, e resulta de várias parcerias instituídas com entidades a nível local, autarquias, instituições particulares de solidariedade social e outras instituições da área social.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais