23 Abr, 2019

Metade dos jovens asmáticos usam incorretamente os inaladores

Uma recente investigação concluiu que as crianças asmáticas usam de forma indevida o inalador, o que pode trazer consequências graves para a sua saúde.

Uma grande parte das crianças diagnosticadas com asma utiliza de forma incorreta os seus inaladores, não recebendo a dose medicamentosa recomendada pelo médico. Esta é a conclusão de um estudo publicado no Journal of Hospital Medicine.

Para a realização do estudo, a equipa de investigadores analisaram o uso do inalador em 113 crianças, com idades compreendidas entre 2 e 16 anos, que foram hospitalizadas devido a episódios asmáticos graves. Esses são os pacientes que têm um maior risco de complicações e, até, de morrer devido a ataques de asma.

De acordo com os dados obtidos na investigação, cerca de 42% das crianças e jovens não puseram em prática um dos passos fundamentais para o bom uso do inalador, e ainda 18% não usaram um espaçador com o seu inalador (um dispositivo recomendado para utilizar, juntamente com o inalador, e que ajuda a libertar a quantidade certa de medicação para chegar aos pulmões e aliviar o ataque).

“Sabemos que a asma pode ser bem administrado na maioria dos pacientes, e usar corretamente o inalador é um fator-chave para o controlo da doença do foro respiratório”, declarou a especialista do Hospital Infantil Ann & Robert H. Lurie, em Chicago, nos EUA, Waheeda Samady.

“O uso impróprio do inalador pode contribuir para que as crianças com asma não controlada tenham de recorrer mais ao hospital com crises”, explica a médica num comunicado de imprensa ao qual o UPI teve acesso.

Além disso, este estudo sugere que os profissionais de saúde podem desempenhar melhor o seu papel, ao demonstrar qual a técnica adequada para o uso de inaladores com o espaçador, e verificar frequentemente que os estes pequenos pacientes dominam a prática, para garantir que conseguem ter a doença controlada.

Waheedaa Samady afirma também que, à medida que as crianças vão crescendo e tornando-se adolescentes, acreditam que já não necessitam usar o espaçador, servindo este serve apenas crianças mais novas. No entanto, a especialista adverte que usá-lo é recomendável para todas as idades, inclusive para os adultos.

Já foi comprovado, noutras investigações, que a inclusão de um espaçador no inalador aumenta a quantidade de absorção de medicamentos para a asma de 34% para 83%.

“As crianças com asma podem ter uma vida sem quaisquer problemas se receberem a medicação correta na dose adequada, e é por isso que a técnica correta do inalador é tão importante”, concluiu Samady.

Erica Quaresma

ler mais

RECENTES

ler mais