8 Out, 2019

Projeto de Medicina Regenerativa de Coimbra recebe bolsa de 10 mil euros

O projeto"O Efeito da Infiltração Intra-articular de Leucocyte-Poor Platelet Rich Plasma (LP-PRP) na Concentração Sinovial de Citocinas Pró-inflamatórias em Doentes com Osteoartrose Ligeira a Moderada da Anca" é o grande vencedor da edição 2019 da "Bolsa Jovens Investigadores em Dor", atribuído pela Fundação Grünenthal

Projeto, da autoria dos médicos Guilherme Ferreira dos Santos, André Caiado, Sérgio Rodrigues Gonçalves, Luís Horta e Pedro Soares Branco do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central (CHULC), é o grande vencedor da edição 2019 da “Bolsa Jovens Investigadores em Dor”, atribuído pela Fundação Grünenthal.

O projeto consistiu na procura de estratégias terapêuticas conservadoras que permitam evitar ou protelar a cirurgia ortopédica em doentes com osteoartrose ligeira a moderada da anca e do joelho, através da infiltração intra-articular de derivados biológicos autólogos, obtidos e trabalhados no laboratório de Imunohemoterapia.

Este projeto de investigação encontra-se incluído no plano de atividades anual de investigação do Grupo Interdisciplinar de Medicina Regenerativa do CHULC, que foi fundado pelo Prof. Doutor Pedro Soares Branco no final de 2018 e que conta, atualmente, com mais de trinta doentes tratados com sucesso desde a sua conceção.

Com a atribuição desta bolsa, no valor de 10 mil euros, o grupo irá adquirir os reagentes laboratoriais necessários para iniciar o trabalho de campo deste projeto, que se prevê ter a duração de um ano.

A entrega do prémio realizar-se-á no âmbito do Colóquio da Fundação Grünenthal, a decorrer na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no próximo dia 10 de outubro.

MMM/CI

ler mais

RECENTES

ler mais