7 Set, 2021

Medicina Intensiva do Centro Hospitalar Tondela-Viseu terá mais 12 camas

Obras representam um investimento superior a três milhões de euros devem ficar concluídas até ao final do ano.

O Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) anunciou a ampliação do Serviço de Medicina Intensiva, que passará a ter 20 camas disponíveis, ao invés das atuais oito.

Em comunicado, o CHTV refere que as obras – que representam um investimento superior a três milhões de euros – arrancam esta terça-feira e devem ficar concluídas até ao final do ano.

Segundo o presidente do conselho de administração do CHTV, Nuno Duarte, trata-se de obras essenciais “para melhorar o acesso da população aos cuidados de saúde”, mas que só agora vão começar devido à necessidade que houve de garantir uma resposta à pandemia de covid-19.

“Portugal está abaixo da média europeia em número de camas de medicina intensiva. Com este projeto estamos a criar as condições necessárias para responder às necessidades dos utentes”, justifica.

Para além do aumento do número de camas, esta intervenção dotará o Serviço de Medicina Intensiva de “uma maior capacidade no tratamento dos doentes com doença aguda, através da dotação de melhores equipamentos”, acrescenta o CHTV.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais