Marco de Canaveses vai ter três novas unidades de saúde familiar

Em fiinais de março de 2015, o então Presidente da […]

Em fiinais de março de 2015, o então Presidente da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS – Norte), Álvaro Almeida, acompanhado do Vogal José Carlos Pedro, deslocou-se a Marco de Canaveses, a convite do Presidente da Câmara Municipal, Manuel Moreira, para uma visita de trabalho durante a qual o executivo Municipal alertou a tutela para a  a necessidade de reforçar a cobertura de médicos de família no Concelho do Marco de Canaveses, e para  importância de colmatar algumas situações no Centro de Saúde do Marco e Extensões de Saúde da Livração, Feira Nova, Soalhães e Tabuado, designadamente a implementação de USF nestas povoações..

Três novas unidades de saúde familiar (USF) vão entrar em funcionamento no concelho de Marco de Canaveses, sarisfazendo uma reivindicação antiga da autarquia local, foi ontem anunciado.

Segundo uma nota do Município, as novas unidades de saúde ficarão localizadas nas povoações de de Feira Nova, Livração e na sede do concelho.

Aqueles equipamentos do Serviço Nacional de Saúde, situados nos três principais polos urbanos do concelho, serão constituídos por equipas de médicos especialistas em medicina geral familiar, enfermeiros, administrativos e outros profissionais de saúde.

O modelo de USF permite melhorar o atendimento dos utentes do SNS, com reforço dos profissionais de saúde e alargamento dos horários de funcionamento.

Apesar do anúncio das três novas USF, a autarquia continua a reclamar a criação de um polo na Extensão de Saúde Tabuado, para servir aquela freguesia, mas também as localidades de Várzea, Aliviada e Folhada”.

Em comunicado enviado à Lusa, a Câmara de Marco de Canaveses expressa satisfação com o avanço alcançado, apesar de chamar à atenção para o facto de ainda haver no concelho doentes sem médico de família.

Nos últimos anos, aquela autarquia tem alertado a Administração Regional de Saúde e o Agrupamento de Centros de Saúde do Tâmega – I Baixo Tâmega para aquela insuficiência.

Outra reclamação reiterada pelo Município é a necessidade de requalificação do edifício da Extensão de Saúde da Feira Nova, para lá ser instalada uma Unidade de Saúde Familiar.

SO/LUSA/Arquivo

ler mais

RECENTES

ler mais