Lucro da Bayer cresce 62,9% em 2017 para 7.336 milhões de euros

A farmacêutica alemã viu os seus lucros dispararem no ano passado, embora o resultado operacional tenha crescido apenas de forma ligeira. Compra da Monsanto afetou os resultados.

O resultado operacional da Bayer (lucro antes de impostos e juros) melhorou no período em análise, tendo crescido 2,9% face a 2016 para 5.903 milhões de euros, sendo que a faturação se manteve nos 35.015 milhões de euros.

O presidente da Bayer, Werner Baumann, afirmou que a Bayer tem dado “grandes passos” no caminho da aquisição da multinacional Monsanto e que o resultado operacional do negócio da divisão de farmácia, que vende medicamentos com receita médica, cresceu em 2017 cerca de 26,7% para 4.325 milhões de euros.

Já a divisão de produtos para a agricultura teve uma queda de 29,6% para 1.235 milhões de euros, por causa das dificuldades do negócio no Brasil.

O negócio da divisão de medicamentos sem receita médica, suplementos alimentares e produtos para a pele e para o corpo caiu 25,5% em 2017, face ao ano anterior, para 518 milhões de euros.

A Bayer teve de contabilizar 1.227 milhões de euros no ano passado, para amortizações e despesas com a compra da Monsanto.

LUSA/SO

ler mais

RECENTES

ler mais