14 Jun, 2018

“Kastelo” e instituto de investigação i3S finalistas nos prémios europeus Regiostar

A Unidade “Kastelo” é finalista na categoria "Criando um melhor acesso aos serviços públicos". Já o I3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde é finalista na categoria “Apoio à transição industrial”. Vencedores são conhecidos a 9 de outubro.

A Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos para Crianças “Kastelo”, em Matosinhos, e o I3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, no Porto, são finalistas da edição de 2018 dos Prémios Europeus Regiostars, anunciou ontem a CCDR-Norte.

Considerados os “Óscares Europeus” para os projetos mais inspiradores de desenvolvimento regional, apoiados pelos fundos da União Europeia, o galardão é atribuído pela Comissão Europeia desde 2008 com o objetivo de reconhecer publicamente investimentos inovadores e que servem de exemplo às demais regiões europeias, salienta a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Norte.

A Unidade “Kastelo” é finalista na categoria “Criando um melhor acesso aos serviços públicos”. Na candidatura apresentada pela CCDR-N, enquanto Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Norte, é destacada pelo acompanhamento de crianças com doenças graves e seus familiares, assegurado pela Associação Nomeiodonada.

Esta unidade, a funcionar em Matosinhos, foi distinguida em 2017 com o Prémio O Norte Somos Nós, na categoria NORTE Inclusão, pela humanização do serviço prestado e capacidade de assegurar conforto e qualidade de vida aos seus utentes, a maioria em estado terminal.

Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, no Porto.

Já o I3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde é finalista na categoria “Apoio à transição industrial” por ser um “superlaboratório” que reuniu os investigadores dos três centros IBMC, o INEB e o IPATIMUP.

A candidatura apresentada pela CCDR-N menciona “o caráter excecional das equipas que aqui trabalham em áreas como o cancro, a neurobiologia e doenças neurológicas e que somam prémios internacionais com o desenvolvimento de novos produtos ou de linhas de investigação. O I3S foi considerado emblema regional nos Prémios O Norte Somos Nós”.

Os vencedores da edição de 2018 dos Regiostars serão conhecidos a 09 de outubro, durante a Semana Europeia das Regiões e Cidades.

O Norte de Portugal já conseguiu o galardão para a região em 2015 com o projeto Eurocidade Chaves e Verín, em 2014 com o projeto Art on Chairs (Paredes) e em 2013 com Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais