21 Mai, 2021

Hipertensão pulmonar. Programa de reabilitação pulmonar melhora o dia-a-dia de portadores de HP

Saiba mais sobre o programa de reabilitação pulmonar destinado aos portadores de hipertensão pulmonar, em vigor no Hospital Pulido Valente.

Veja o Webinar aqui >>

 

“Todos nós devemos perder um bocadinho de tempo a conhecermo-nos e partir daí fazer a nossa gestão de prioridades, a nossa gestão de tempo e a organizar o nosso dia-a-dia’’, foi o principal conselho que a enfermeira Tânia Cardoso deixou a todos os portadores de hipertensão pulmonar (HP) de maneira a fazerem uma melhor gestão da sua energia, evitando assim esforços que podem piorar a sua condição clínica.

A enfermeira partilhou vários exercícios práticos, que devem ser praticados diariamente, nas tarefas mais comuns do quotidiano. Todos eles estão englobados num programa de reabilitação pulmonar piloto a nível nacional, que está a decorrer no Hospital Pulido Valente, em Lisboa. Tânia Cardoso foi uma das participantes no webinar que decorrer no passado dia 12 de maio sobre A importância da Reabilitação Pulmonar¸ organizado pela Associação Portuguesa de Hipertensão Pulmonar (APHP). As boas-vindas ficaram a cargo da presidente da APHP, Maria João Saraiva, tendo havido ainda espaço para a partilha de um testemunho pessoal por Anabela Oliveira, a quem foi detetada HP e que frequentou este programa de reabilitação pulmonar.

Este programa de reabilitação tem a duração de 12 meses, sendo supervisionado por médicos especialistas em HP, médicos fisiatras, enfermeiros de reabilitação, fisioterapeutas e uma psicóloga. Os objetivos dos especialistas, nestas duas sessões semanais, consistem essencialmente em controlar e dissociar os tempos respiratórios, promover técnicas de correção postural e de posicionamento, bem como técnicas de relaxamento que vão auxiliar todo o processo respiratório destes doentes.

De salientar que Portugal é um dos países da União Europeia onde a hipertensão pulmonar não tem o reconhecimento legal de doença crónica. Esta é uma realidade que, de acordo com a APHP, urge ser alterada, no sentido de ajudar a comunidade de doentes e de cuidadores a viverem melhor com esta condição.

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais