22 Out, 2021

Greve dos técnicos de emergência pode afetar resposta do INEM

Greve marcada para esta sexta-feira pode gerar atrasos na resposta do INEM. Técnicos de emergência pedem a revisão da carreira e melhores condições de trabalho.

Os técnicos de emergência pré-hospitalar estão hoje em greve e realizam uma concentração em frente às instalações do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para exigir a revisão da carreira e melhores condições de trabalho. Desta forma, apesar de existirem serviços mínimos, a resposta do INEM vai provavelmente ser afetada.

“Sendo uma greve geral afetará todos os serviços, sendo que esforçar-nos-emos para que sejam cumpridos os serviços mínimos. Mas é de esperar que haja um atraso, quer no socorro das ambulâncias, quer no próprio atendimento das chamadas nos CODU que vão estar a funcionar também com um número abaixo do normal”, diz Rui Lázaro, o presidente do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-hospitalar (STEPH), em declarações à Renascença.

ler mais

RECENTES

ler mais