24 Fev, 2020

Fernando Regateiro confirma saída do CHUC

Conferência de imprensa para anunciar retoma de programa de transplantação hepática confirma saída do professor universitário.

O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), Fernando Regateiro, confirmou hoje a sua saída dos hospitais e caracterizou a sua passagem pela direção do centro hospitalar como um mandato de “interação com a ciência”.

Questionado pela agência Lusa numa conferência de imprensa, Fernando Regateiro, que cumpriu um mandato, confirmou que vai sair da presidência do conselho de administração e referiu que já está a ser preparada uma nova equipa para o CHUC.

Na semana passada, a imprensa local da cidade do Mondego já tinha noticiado a sua saída da administração dos hospitais.

“O mandato terminou [a 31 de dezembro de 2019] e quando termina o mandato é necessário que se renovem as equipas e eu sou o primeiro a concordar com a renovação das equipas”, referiu, encarando o processo “com naturalidade”.

Segundo Fernando Regateiro, ainda não há uma data definida para a saída do atual conselho de administração, embora a nova equipa já esteja “a ser constituída e apreciada”.

Para o ainda responsável, a sua equipa dinamizou “de forma significativa os equipamentos e circuitos de resposta”, aumentando a aposta “na renovação e inovação de equipamentos”.

“Criámos respostas que vão buscar financiamento fora do próprio Serviço Nacional de Saúde e do orçamento do Ministério da Saúde, nomeadamente a interação com a ciência e a tecnologia”, frisou, apontando ainda para “respostas inovadoras” para financiar equipamentos com custos elevados, através de locação, sendo exemplo disso dois aceleradores, que deverão ser postos a trabalhar dentro “de poucos meses” e que teriam um custo de quatro milhões de euros.

Fernando Regateiro recordou ainda a compra de um equipamento PET (tomografia por emissão de positrões), numa interação com o ICNAS (Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde], no valor de 2,5 milhões de euros.

Fernando Regateiro é professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Presidiu à administração dos então Hospitais da Universidade de Coimbra cerca de cinco anos e à Administração Regional de Saúde do Centro durante dois anos.

A conferência de imprensa foi marcada para revelar que a reorganização da Unidade de Transplantes Hepáticos do CHUC está terminada e a secção já passou a aceitar novos doentes para a lista de espera, após os cinco meses de suspensão noticiados hoje o jornal PÚBLICO.

Na semana passada, já houve um transplante de um doente eletivo – que é da lista de espera – e já foi retomada a entrada de doentes novos em lista de espera”, afirmou Fernando Regateiro.

O ainda responsável referiu que a organização, em termos de estruturas, está terminada, faltando ainda criar “as condições para agregar, especialidade a especialidade, as equipas e criar as condições para a respetiva remuneração”.

A questão dos recursos humanos é sensível e temos vindo a resolver, mas os recursos humanos não se recrutam de um dia para o outro, ainda para mais numa área em que há um tempo de aprendizagem longo”, disse.

De acordo com Fernando Regateiro, até a resposta do CHUC estar consolidada, o hospital vai continuar a “trabalhar com o Centro Hospitalar e Universitário” do Porto, sempre que seja necessário dar resposta a algum dos doentes.

RV/Lusa

ler mais

RECENTES

ler mais