2 Ago, 2018

Ébola: Equipas de técnicos internacionais já estão na RDCongo

Técnicos de várias agências das Nações Unidas, incluindo da Organização Mundial de Saúde, chegaram hoje a Beni, na República Democrática do Congo (RDCongo), para apoiar o combate a um novo surto de Ébola detetado no noroeste do país, uma semana depois de ter sido decretado o fim desta epidemia. 

A informação foi divulgada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), através de uma mensagem publicada na rede social Twitter, indicando que a equipa conjunta no terreno é formada, ainda, por técnicos do Ministério da Saúde da RDCongo, Unicef, Organização das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários e do Banco Mundial.

Em Beni, a 30 quilómetros do local do novo surto, as operações, igualmente em coordenação com o governador do Kivu do Norte, envolvem nomeadamente a recolha de amostras e análises a casos suspeitos.

O ministro da Saúde da RDCongo, Oly Ilunga, confirmou na quarta-feira um novo surto suspeito de Ébola, no Kivu do Norte, com 26 casos de febre hemorrágica e 20 mortes. Oito dias antes, as mesmas autoridades congolesas tinham anunciado o fim da epidemia de Ébola na região do Equador, a oeste da província de Kivu Norte.

Segundo Oly Ilunga, “nada indica que estas duas epidemias, separadas por mais de 2.500 quilómetros, estejam ligadas”.

LUSA/SO

ler mais

RECENTES

ler mais