26 Out, 2018

Donald Trump quer preços dos medicamentos prescritos ao nível dos praticados noutros países

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na quarta-feira que pretende avançar com a redução de preço dos medicamentos prescritos usando os preços internacionais como referência para estabelecer os pagamentos do Medicare.

A estratégia prevê a criação de um Índice Internacional de Preços que informe os responsáveis do Medicare, permitindo-lhes negociar e pagar preços de medicamentos com receita médica mais alinhados com os de outros países.

Este modelo, a ser aplicado, poderá aumentar a adesão ao tratamento, diminuir os custos para os beneficiários do Medicare, e introduzir a concorrência ao sistema de pagamento de medicamentos administrados por médicos, trazendo fornecedores do setor privado, que pela primeira vez seriam capazes de adquirir fármacos, distribuí-los aos médicos e hospitais, e assumir a responsabilidade de faturar a Medicare. O Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HSS, Health and Human Services) avançou que as mudanças eliminariam os incentivos financeiros para os médicos usarem tratamentos mais caros, assim como corrigir a disparidade nos preços dos medicamentos entre os EUA e outros países.

“Temos na mira o mercado global que força os consumidores americanos a subsidiar preços mais baixos em países estrangeiros por meio de preços mais altos em nosso país”, disse Trump num discurso no HSS

“O mundo colhe o benefício do génio norte-americano”, disse o presidente.

De acordo com as projeções do HHS, esta regra irá poupar 17,2 bilhões de dólares em cinco anos, o que beneficiaria o Governo e os beneficiários do Medicare.

Saúde Online

Fonte: Reuters

ler mais

RECENTES

ler mais