20 Set, 2018

Dieta sem glúten na gravidez pode reduzir risco de diabetes na criança

As mulheres grávidas que consomem pouco glúten estão a contribuir para reduzir o risco de diabetes nos seus filhos, sugere um novo estudo realizado por investigadores dinamarqueses.

O estudo, divulgado na plataforma British Medical Journal (BMJ), revela que ingerir muito glúten, normalmente encontrado no pão, nas massas e nos cereais, durante a gravidez, duplica o risco de desenvolver diabetes em relação ao consumo reduzido.

Os investigadores analisaram dados clínicos de mais de 63 mil mulheres inscritas no Danish National Birth Cohort, entre janeiro de 1996 e outubro de 2002.

As participantes preencheram um questionário quando estavam grávidas de 25 semanas e foram acompanhadas até 2016, de forma a verificar o desenvolvimento de diabetes tipo 1 nos seus filhos.

Em média de consumo de glúten era de 13g por dia, variando entre as 7g e 20g. Os especialistas identificaram 247 casos de diabetes tipo 1 nas crianças e concluíram que o risco de ter esta doença “aumentou proporcionalmente” com a ingestão de glúten pelas mães, sendo que essas crianças tiveram o dobro do risco em comparação com aquelas associadas a um consumo reduzido.

Os autores consideram que são necessárias mais evidências antes que sejam feitas novas recomendações para mudar a dietas das mulheres grávidas.

Saúde Online

ler mais

RECENTES

ler mais