19 Mai, 2020

Covid-19: Reino Unido alarga testes a qualquer pessoa com sintomas

Qualquer pessoa com mais de cinco anos que apresente sintomas de covid-19 pode ser testada, e houve ainda avanços no novo sistema de rastreamento com recurso a aplicação de telemóvel. 

O ministro da Saúde, Matt Hancock, disse que esta medida é um resultado do “aumento maciço do programa nacional de testagem”, que espera em breve ter capacidade para realizar 200 mil testes por dia. 

Até agora, o governo britânico tem encontrado dificuldades em cumprir a meta de 100 mil testes por dia imposta para o final de abril, dando prioridade a pacientes e profissionais de saúde, trabalhadores e residentes de lares de idosos.

Na semana passada, o Sunday Telegraph noticiou que 50 mil amostras tinham sido enviadas para os EUA devido a problemas nos laboratórios no Reino Unido, que o governo atribuiu a “questões operacionais”.

Além de três grandes novos laboratórios dedicados à testagem de covid-19, foram criados 50 centros regionais de recolha de amostras e 116 unidades móveis, além de enviar kits por correio.

 

De acordo com os dados disponíveis, no domingo foram realizados 100.678 testes a 67.409 pessoas, tendo 2.684 tido resultado positivo. 

 

Hancock adiantou também que já foram recrutadas 21 mil pessoas para o sistema de rastreamento que o governo vai implementar para acompanhar o levantamento do confinamento, cuja data de lançamento não é ainda conhecida.

Estes trabalhadores vão ajudar a rastrear manualmente os contactos de qualquer pessoa que tenha feito um teste positivo e aconselhar se precisam de isolar-se, em paralelo com uma aplicação de telemóvel que vai fazer o mesmo automaticamente e que está a ser avaliada.

“Tudo junto, significa que agora temos os elementos necessários para implantar nosso serviço nacional de teste e rastreamento: a capacidade de teste, a capacidade de rastreamento e a tecnologia”, afirmou Hancock.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais