30 Set, 2019

Bactéria obriga à suspensão de entrada de novos doentes para transplantes hepáticos no Hospital de Coimbra

O diretor do serviço está otimista e acredita que o problema esteja ultrapassado "dentro de uma semana e meia".

O programa de transplantes hepáticos de adultos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) suspendeu a entrada de novos doentes para internamento devido à presença de uma bactéria multirresistente, avança o Público esta segunda-feira.

O diretor do serviço, Emanuel Furtado, está otimista e acredita que o problema esteja ultrapassado “dentro de uma semana e meia”. Contudo, acrescido a este problema, existe o facto da equipa contar com menos um elemento – um médico gastroenterologista que se reformou. No entanto, de acordo com o presidente do Conselho de Administração já existe um médico pronto para reforçar a equipa.

“O programa não está suspenso”, esclarece Emanuel Furtado ao Público, mas sim a sua atividade está “administrativamente reduzida no pólo de adultos, porque houve um problema infeccioso na unidade”.

A razão de as admissões “de doentes que venham de fora” estarem suspensas deve-se ao facto de ter sido detetada uma bactéria multirresistente no serviço de transplantação. “O que estamos a tentar evitar é que doentes que não estão internados adquiram a bactéria. Faz parte das regras de manejo destas situações críticas em todo o mundo”, explica.

Bactéria KPC ou CPE

A bactéria, encontrada no serviço de transplantes hepáticos do CHUC e cuja presença foi , KPC ou CPE (Enterobacteríaceae produtoras de carbapenemases) tem sido notícia por ser a responsável por diversos surtos nos hospitais de norte a sul do país e ser resistente a vários antibióticos. O diretor do serviço adiantou ainda que o problema “não é de colonização, mas sim de infeção”. Entretanto, garante que já foram tomadas as devidas medidas para resolver e conter o surto, como separar e desinfetar os doentes colonizados daqueles que não estão.

Esta situação fá-lo prever que exista a necessidade de os doentes serem transferidos para outros centros de transplantes.

EQ/SO

ler mais

RECENTES

ler mais