2 Set, 2021

ADSE com 103 mil novos beneficiários com alargamento a contratos individuais

Média de idades dos novos beneficiários ronda os 39 anos. Processo de adesão ainda decorre.

A ADSE registou a entrada de quase 103 mil novos beneficiários desde que foi aberto o processo de inscrição dos trabalhadores com contratos individuais em entidades públicas.

O número foi adiantado pela presidente do Conselho Diretivo da ADSE, Manuela Faria, que, em entrevista à Lusa, referiu ainda que a idade média dos 102.787 novos beneficiários ronda os 39 anos.

Em causa estão as inscrições na ADSE apuradas até ao dia 25 de agosto, sendo que o processo de alargamento do subsistema de saúde da função pública aos contratos individuais de trabalho de entidades empregadoras públicas decorre até 9 de setembro.

Aquele universo de inscrições inclui 66.146 titulares e 36.641 familiares (na maioria dependentes), acreditando a presidente da ADSE que, com o aproximar do final do prazo, o número aumente.

A ADSE publicou esta quarta-feira novas tabelas de preços do regime convencionado, com entrada hoje em vigor, que atualizam preços de consultas, inclui novos atos médicos e impõe tetos máximos para milhares de procedimentos cirúrgicos, medicamentos hospitalares e próteses.

O objetivo destes tetos máximos é evitar “surpresas” na faturação, como tem referido a ADSE.

O processo de revisão englobou 18 tabelas de regras e preços do regime convencionado, que integram a Tabela do Regime Convencionado do regime de proteção e assistência na doença dos trabalhadores e reformados da Administração Pública.

A entrada em vigor das tabelas estava inicialmente prevista para o final do primeiro trimestre deste ano, tendo depois sido adiada para o início de julho e novamente para 01 de setembro, tendo hoje sido publicadas no ‘site’ da ADSE.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais