Projeto, da autoria dos médicos Guilherme Ferreira dos Santos, André Caiado, Sérgio Rodrigues Gonçalves, Luís Horta e Pedro Soares Branco do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central (CHULC), é o grande vencedor da edição 2019 da “Bolsa Jovens Investigadores em Dor”, atribuído pela Fundação Grünenthal.

O projeto consistiu na procura de estratégias terapêuticas conservadoras que permitam evitar ou protelar a cirurgia ortopédica em doentes com osteoartrose ligeira a moderada da anca e do joelho, através da infiltração intra-articular de derivados biológicos autólogos, obtidos e trabalhados no laboratório de Imunohemoterapia.

Este projeto de investigação encontra-se incluído no plano de atividades anual de investigação do Grupo Interdisciplinar de Medicina Regenerativa do CHULC, que foi fundado pelo Prof. Doutor Pedro Soares Branco no final de 2018 e que conta, atualmente, com mais de trinta doentes tratados com sucesso desde a sua conceção.

Com a atribuição desta bolsa, no valor de 10 mil euros, o grupo irá adquirir os reagentes laboratoriais necessários para iniciar o trabalho de campo deste projeto, que se prevê ter a duração de um ano.

A entrega do prémio realizar-se-á no âmbito do Colóquio da Fundação Grünenthal, a decorrer na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, no próximo dia 10 de outubro.

MMM/CI

ler mais