Depois da José de Mello Saúde, dono dos Hospitais CUF, é agora a vez de o segundo maior grupo privado de saúde a operar em Portugal suspender o acordo que tinha estabelecido com a ADSE.

Num comunicado enviado aos trabalhadores, lê-se que, “Apesar de todos os nossos esforços no sentido de o evitar, informamos que os Hospitais e Clínicas da Rede Hospital da Luz se veem obrigados, a partir de 15 de abril, a deixar de prestar os serviços ao abrigo das convenções celebradas com a ADSE”.

Com esta decisão, os beneficiários da ADSE vão deixar de estar abrangidos pelo atual acordo quando se dirigirem aos 14 hospitais e 13 clínicas da Rede Hospital da Luz.

O grupo garante, porém, todas asmarcações feitas antes de 15 de abril, mesmo que se realizem depois dessa data bem como o acompanhamento às grávidas até à alta após o parto, tratamentos relacionados com doença oncológica e cuidados de saúde de internamento, “desde que iniciados antes do dia 15 de abril”. Veja, em baixo, a lista dos Hospitais e clínicas do grupo, que vão deixar de ter acordo com a ADSE.

 

  • Hospital da Luz Arrábida
  • Hospital da Luz Aveiro
  • Hospital da Luz Funchal
  • Hospital da Luz Coimbra
  • Hospital da Luz Guimarães
  • Hospital da Luz Lisboa
  • Hospital da Luz Oeiras
  • Hospital da Luz Póvoa do Varzim
  • Hospital da Luz Setúbal
  • Hospital da Luz Torres de Lisboa
  • Hospital da Luz Vila Real
  • Hospital da Misericórdia de Évora
  • Hospital da Luz Clínica de Águeda
  • Hospital da Luz Clínica de Amadora
  • Hospital da Luz Clínica de Amarante
  • Hospital da Luz Clínica do Caniço
  • Hospital da Luz Clínica de Cantanhede
  • Hospital da Luz Clínica de Cerveira
  • Hospital da Luz Clínica de Coimbra
  • Hospital da Luz Clínica da Figueira da Foz
  • Hospital da Luz Clínica Lagoas Park
  • Hospital da Luz Clínica de Odivelas
  • Hospital da Luz Clínica de Oiã
  • Hospital da Luz Clínica de Pombal
  • Hospital da Luz Clínica do Porto
  • Hospital do Mar Cuidados Especializados Gaia
  • Hospital do Mar Cuidados Especializados Lisboa