Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo já ativaram mais de metade das 617 camas adicionais previstas no Plano de Contingência do Inverno, tendo sido abertas, até ao dia 4 de janeiro, 355 camas para fazer face ao aumento dos internamentos causados pela gripe e outras patologias associadas.

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) refere que os “hospitais da região têm estado a monitorizar a afluência aos serviços de urgência e a reforçar a resposta em função dessa procura”. Ou seja, as camas adicionais vão sendo abertas por cada unidade hospitalar de forma faseada, consoante a procura.

A ARSLVT lembra ainda que “como é habitual, a gestão de camas compete a cada hospital, sendo feita com recurso à lotação adicional (bolsas de camas) e/ou reafectação de camas entre serviços”.

A juntar ao aumento da capacidade dos hospitais, também os centros de saúde da região já estão a funcionar em horários alargados (até às 20 ou 24 horas) e ao fim-se-semana. A lista completa dos centros de saúde com horário alargado na região de Lisboa pode ser consultada AQUI.

Saúde Online