A médica portuguesa Sofia Couto da Rocha foi distinguida com um dos quatro prémios individuais atribuídos no Biotechnology Leadership Camp (BioCamp) da Novartis, de 28 a 31 de agosto em Basileia, na Suíça.

A jovem médica portuguesa, que finaliza este ano o Lisbon MBA, foi a melhor classificada na categoria “Comunicação e Social Media”, numa iniciativa que este ano juntou mais de 60 estudantes das principais universidades de 18 para analisar as perspetivas futuras no setor da saúde e desenvolver soluções para a criação de dispositivos digitais que permitam ajudar os doentes.

“O Biocamp na Suíça foi uma experiência estratosférica. A oportunidade de ser selecionada para estar com outras mentes brilhantes, com áreas de formação complementares, das melhores faculdades e centros de investigação do mundo foi formidável. Foram dias intensos de trabalho, reforço de conhecimentos já adquiridos e novas perspetivas, mas principalmente de networking e aprendizagem interpares sobre o que de mais evoluído se faz no mundo de hoje”, reconhece a galardoada citada em comunicado difundido pela multinacional farmacêutica, com sede em Basileia

Sofia Couto da Rocha, que completou o curso de Medicina na Universidade Nova de Lisboa, sublinha a sua “enorme satisfação pessoal por ter trazido um dos quatro prémios individuais para Portugal, na era em que a Big Data e o Digital estão a tomar proporções tão marcantes”.

Segundo a premiada, “Portugal deixou uma muito boa impressão, recebemos muitos convites e elogios. Congratulo e agradeço à Novartis por apostar nesta metodologia de inovação de forma ímpar, dando-se a conhecer pelos melhores motivos. Como médica sinto-me extremamente satisfeita por poder retirar da experiência muitos tools para o meu stakeholder principal: os doentes.”

Recorde-se que Sofia Couto da Rocha foi uma das vencedoras do BioCamp em Portugal – que se realizou em junho – juntamente com Pedro Rosa da Cruz, o outro representante português que participou na edição internacional deste ano.

O BioCamp é um programa pioneiro cujo objetivo é atrair jovens talentos universitários, oferecendo-lhes a oportunidade única de conhecer melhor a indústria farmacêutica, promovendo uma aproximação e interação com um conjunto de gestores experientes, investigadores de sucesso e outros especialistas. Através desta iniciativa global, os participantes têm a possibilidade de construir uma rede de contactos alargada com estudantes de todo o mundo, ganhando conhecimento sobre de que forma são desenvolvidos os avanços biotecnológicos que estão realmente a impactar a vida das pessoas e a mudar o mundo.

 

ler mais