27 Mai, 2021

TOC associado ao aumento de risco de AVC isquémico

O estudo publicado no jornal da American Stroke Association reforça a importância de os pacientes com TOC adotarem um estilo de vida saudável.

Pessoas diagnosticadas com transtorno obsessivo compulsivo (TOC) apresentam um risco três vezes superior de virem a sofrer de um acidente vascular cerebral (AVC) isquémico, quando comparadas com as que não foram diagnosticadas com esta condição, revela um estudo recentemente publicado no Stroke, jornal da American Stroke Association.

Uma vez que estudos anteriores revelam que o TOC pode ser desenvolvido após a ocorrência de um AVC, a equipa de investigação procurou confirmar se o inverso também se verifica, isto é, se as pessoas diagnosticadas com TOC podem estar mais propensas a sofrer deste tipo de evento.

Para tal, os investigadores analisaram os registos de saúde, disponíveis no Banco de Dados de Investigação do Seguro Nacional de Saúde de Taiwan, de 28064 adultos com TOC e 28064 sem a patologia, com idade média de 37 anos, de modo a comparar o risco de AVC entre os dois grupos durante um período de 11 anos.

Os resultados da observação revelaram que o primeiro grupo apresentou um risco três vezes superior de sofrer um AVC isquémico em comparação com o outro grupo. A equipa também ressaltou que os adultos diagnosticados com TOC e com idade igual ou superior a 60 anos apresentam um risco de AVC ainda mais significativo.

Após o controlo de fatores associados ao aumento da probabilidade da ocorrência deste tipo de evento – como a obesidade, tabagismo, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes tipo 2 – os resultados não sofreram quaisquer alterações. Adicionalmente, foi possível confirmar que os medicamentos comuns no tratamento de TOC não foram associados ao aumento deste risco.

“Os resultados do nosso estudo devem encorajar as pessoas com TOC a manterem um estilo de vida saudável, como parar de fumar, praticar atividade física regular e manter um peso saudável”, salientou o líder da investigação, Ya-Mei, com o propósito de “evitar estes fatores de risco associados ao AVC isquémico”.

Conheça mais pormenores sobre o estudo aqui.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais