“Dupilumab veio alargar o espetro de doentes elegíveis para tratamento”

“Nos estudos de avaliação de eficácia do dupilumab, verificou-se ser eficaz nos doentes com inflamação tipo 2, com base na contagem dos eosinófilos e/ou do doseamento do óxido nítrico no ar exalado, dando oportunidade de tratamento a doentes sem documentação de eosinofilia”, explica a pneumologista no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Go to Top