12 Mar, 2021

Resposta dos hospitais de Coimbra à primeira vaga contada em livro

Um livro sobre a resposta do CHUC à primeira vaga da pandemia da covid-19 vai ser apresentado hoje, enquanto homenagem aos profissionais da instituição.

“Foram os profissionais do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, com o seu saber e experiência, com o seu profissionalismo e sentido humano e de pertença, que fizeram acontecer a resposta pronta e adequada, que este livro reflete, no combate à covid-19”, afirma o coordenador da edição, Fernando Regateiro, na obra “CHUC e a pandemia covid-19”.

Editado pela “Diário de Bordo”, o livro, com 321 páginas, “congrega contributos de mais de 60 profissionais do CHUC e do Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Centro que, no terreno, planearam e fizeram acontecer a resposta à primeira vaga”, disse hoje Fernando Regateiro à agência Lusa.

Na obra, o professor catedrático de Medicina e ex-presidente do CHUC adianta que, “face às circunstâncias adversas provocadas pela pandemia, revelaram-se lideranças emergentes rapidamente reconhecidas que, seguramente, serão chamadas a assumir responsabilidades acrescidas”.

Foi um privilégio e uma distinção poder liderar, como presidente do conselho de administração, uma instituição (…) com profissionais que sabem honrar a sua história, acrescentando-lhe prestígio com a sua diferença, o mesmo é dizer com mais e melhor história, como aconteceu nesta primeira onda da pandemia”, sublinha.

Para Fernando Regateiro, foi “competente, robusta, serena e pronta” a resposta do maior centro hospitalar do país “a uma situação única como a pandemia” que ainda assola o país e o mundo.

A publicação abrange o período de janeiro a junho de 2020 e foi “escrita pelo punho de alguns dos profissionais do CHUC que, no terreno, fizeram acontecer a resposta, nos termos em que aconteceu”, refere.

Há um ano, logo após 30 de janeiro, “ficou ainda mais claro para os responsáveis pelo CHUC o que já antes se previa: havia um horizonte temporal muito breve e mandatório de um agir em antecipação até ao limite do possível, no que respeitava a identificação de necessidades, ao planeamento das intervenções e à organização da resposta à pandemia”.

O CHUC admitiu os primeiros doentes por covid-19 em 12 de março e o livro “CHUC e a pandemia covid-19” é lançado um ano depois, na sexta-feira, com uma sessão virtual, das 18:00 às 18:30.

A obra tem prefácio da autoria de Carlos Santos, que em 2020, durante a pandemia, sucedeu a Fernando Regateiro na presidência do CHUC.

A sua apresentação inclui intervenções do coordenador, do diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (UC), Carlos Robalo Cordeiro, do reitor da UC, Amílcar Falcão, e do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales.

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais